top of page

Eleições 2022: Minas tem mais de 2,5 mil registros de candidaturas


O prazo para o registro de candidaturas nas eleições de 2022 terminou na última segunda-feira (15). Ao todo, em Minas Gerais, foram entregues mais de 2,5 mil pedidos de registro para disputar as 53 vagas para deputado federal, 77 para deputado estadual, uma para senador e uma para governador que estão em jogo no pleito de outubro. “O número é 5,1% maior que nas últimas eleições gerais, em 2018, quando houve 2.374 candidaturas”, avaliou o TRE.


A disputa por cadeiras na ALMG recebeu o maior número de candidaturas e totaliza 1.388 candidatos. Já o número de concorrentes às vagas mineiras na Câmara dos Deputados chega a 1.077. Ainda temos nove candidatos à única vaga mineira em aberto no Senado, cada um com dois suplentes; e dez candidaturas a governador e, claro, dez a vice-governador.


“Cada pedido de registro de candidatura será analisado pelo TRE-MG, que vai verificar o cumprimento dos requisitos de elegibilidade e se há alguma causa de inelegibilidade. Esse julgamento dos pedidos deve ser concluído até o dia 12 de setembro, 20 dias antes da realização do primeiro turno, que está marcado para 2 de outubro”, pontua a Justiça Eleitoral.


No mesmo prazo, pode acontecer a substituição de candidatas e candidatos nas chapas majoritárias e proporcionais. A substituição será possível em caso de renúncia, indeferimento, cancelamento, cassação do registro ou falecimento do titular. No caso de falecimento, a mudança poderá ser feita após o dia 12 de setembro.


Justiça eleitoral pontua ainda que, caso os partidos e as federações não tenham registrado o número total de candidaturas permitidas aos cargos de deputado federal (limite de 54 candidatos por partido/federação) e estadual (78), poderão indicar candidatas e candidatos, em vagas remanescentes, até o dia 2 de setembro.


> Com informações Tribuna de Minas

bottom of page