top of page

Serial killer que foi preso em Muriaé é capturado próximo ao Mercado Municipal do Peixe em Cabo Frio

Roberto Marcelo Paiva Ramos, acusado de sete feminicídios, estava foragido da Justiça de Minas Gerais.


Considerado pela polícia como um dos assassinos em série mais procurados do Brasil, Roberto Marcelo Paiva Ramos, 50 anos, foi finalmente capturado na última quarta-feira (15) próximo ao Mercado Municipal do Peixe, no Bairro Jacaré, em Cabo Frio (RJ). O criminoso, natural de Juiz de Fora (MG), ficou mais de um ano foragido da Justiça de Minas Gerais, onde cumpria pena por latrocínio no presídio de Muriaé. Ele fugiu em 2022, quando passou para regime semiaberto.


As autoridades policiais de Minas Gerais e da Bahia acusam Roberto de cometer pelo menos sete feminicídios, revelando um comportamento psicopata ao sentir prazer em ver suas vítimas sofrendo até a morte. O suspeito, que se utilizava de outro nome para evitar ser identificado, tentava se manter fora do radar em Cabo Frio, trabalhando informalmente em quiosques na praia e como garçom.


O delegado Sérgio Elias Santana Júnior, titular da 126ª Delegacia de Polícia de Cabo Frio, destacou que o criminoso foi transferido para o sistema prisional do Rio de Janeiro e posteriormente será levado de volta para Minas Gerais. Em depoimento informal após a prisão, Roberto alegou que o assassinato de uma turista em Porto Seguro (BA) em 2006 foi cometido por sua companheira, um relato que as autoridades investigarão minuciosamente.


Em solo mineiro, Roberto enfrenta 15 processos, com 13 em Juiz de Fora, um em Muriaé e outro em Varginha. As acusações incluem feminicídios, homicídios qualificados, furto, roubo, latrocínio, além de envolvimento com tráfico de drogas e armas. O criminoso já recebeu uma sentença que ultrapassa 60 anos de prisão, refletindo a gravidade de seus atos hediondos.


Fonte: Rádio Muriaé

留言


bottom of page