top of page

R$ 400 mil para cirurgias eletivas completa um ano e população sofre com a falta do atendimento

Seria mais uma promessa que foi feita no período eleitoral?


A Prefeitura de Leopoldina há um ano atrás recebia um valor de R$400.000,00 (quatrocentos mil reais) que deveriam ser aplicados integralmente na realização de cirurgias eletivas que estão represadas. A entrega aconteceu na sede da Prefeitura de Leopoldina.

Diversas solicitações, reuniões e audiências já foram realizadas para que a Secretaria de Saúde e a Casa de Caridade pudessem chegar a um acordo para a realização das cirurgias. Passados doze meses desde a transferência do recurso, o dinheiro segue no banco rendendo juros enquanto a população sofre com a falta do atendimento das cirurgias prometidas.

Já eram para ter sido realizadas 392 cirurgias em regime de mutirão, assim discriminadas: 104 colecistectomia (vesícula), 5 hernioplastia inguinal (bilateral), 35 hernioplastia inguinal/crural (unilateral), 54 hernioplastia umbilical e 194 facectomia com implante de L.I.O. (catarata), conforme o acordo estabelecido à época com a Secretaria de Saúde.

Em ano de eleição tudo se resolve!




Kommentare


bottom of page