top of page

R$ 20 mil terão de ser explicados por secretário e comissão do concurso leiteiro de Ribeiro

Os esclarecimentos serão prestados hoje a partir das 18:15hs.


O Secretário de Habitação Leandro de Almeida Machado – “Dandinho” e os organizadores do concurso leiteiro de Ribeiro Junqueira – Juliano Meira, Humberto Machado Moreira e Maurício Delfim Pimentel, estarão prestando esclarecimentos hoje, 21 de outubro (segunda-feira) na Câmara de Vereadores, a respeito do recebimento de R$ 20 mil reais que foram destinados para a realização do concurso leiteiro do distrito de Ribeiro Junqueira.

A polêmica surgiu quando o Secretário de Habitação “Dandinho” publicou uma nota em um meio de comunicação explicando que na oportunidade “empenhou em realizar o 34º Concurso Leiteiro do Distrito de Ribeiro Junqueira no corrente ano, tendo efetivado contatos e gestões para obter recursos para o evento, com comerciantes e cidadãos locais, assim também perante o poder público. A Prefeitura e a Câmara de Vereadores do Município autorizaram e destinaram o valor de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) para a Associação dos Pequenos Produtores Rurais e Famílias da Comunidade de Ribeiro Junqueira (conforme Convênio assinado e cheque recebido pelo Presidente da Associação), com o propósito de realizar o evento, mas não foi repassado qualquer valor de tal recurso à comissão organizadora.

Após a nota, a Comissão Organizadora divulgou uma nota esclarecendo os fatos sobre os pagamentos realizados com o valor recebido pela Prefeitura para a realização do concurso.

Segundo a nota, foi dividido o valor em dois lotes: o primeiro no valor de R$ 8 mil reais que foram repassados a Humberto Machado Moreira para pagamentos de despesas para o concurso leiteiro. Outro lote no valor de R$ 12 mil foi repassado a Juliano Meira para pagamentos dos shows que foram contratados, bem como pagamentos de som no valor de R$ 2.120,00 e o palco no valor de R$ 3.000,00.

O restante de R$ 6.880,00 ficou em posse de “Dandinho”. No mesmo dia, quinta-feira, deu ciência ao Presidente da Câmara Waldair Costa as razões do cancelamento do concurso leiteiro.

No domingo, Leandro “Dandinho” remeteu mensagem por via de WhatsApp a Juliano Meira, mais precisamente às 13:54hs, convidando-o para viajarem à praia com o dinheiro que sobrou, sendo, literal a conversa:

“Leandro diz - “Vamos pra praia com esse dinheiro que sobrou ... kkkkkkk.”

Juliano responde – “Tá doido rapa ....kkkkkk

Leandro – “Vazar”

Juliano –“Viaja não.”

“Dandinho” ainda realizou o pagamento de duas tendas no valor de R$ 400 reais sem a exigência da nota fiscal da prestação do serviço.


Será que não houve uma ilegalidade do repasse na sua origem (Prefeitura e organização do concurso leiteiro), uma vez que Leandro de Almeida Machado foi parte da organização do concurso leiteiro, o que poderia ter facilitado junto a Prefeitura Municipal da qual faz parte como secretário de habitação, a liberação do valor de R$ 20 mil reais?



Comentarios


bottom of page