top of page

Nova onda de calor de novembro pode superar calorão de setembro


Com o estabelecimento do ar seco sobre o país novamente, as temperaturas vão subir muito a partir desta quarta-feira, 8 de novembro, configurando uma NOVA onda de calor com temperaturas 5 °C ou mais acima da média por amplas áreas do Brasil e com um período maior de duração (mais de 5 dias).

O calor já será intenso nesta quarta-feira, também no norte e oeste do Paraná, extremo oeste de Santa Catarina e em pontos do norte/oeste do Rio Grande do Sul, além de se espalhar mais por São Paulo e Goiás; atenção, já teremos temperaturas máximas passando dos 37°C no oeste paulista.


A partir de quinta-feira (09), o ar frio das madrugadas, perde força e o destaque passa volta a ser as madrugadas mais quentes, principalmente em Mato Grosso do Sul e sudoeste de Mato Grosso. Quase todo o estado de SP terá mínimas acima de 20°C, acima de 22/24°C no oeste/norte paulista. Regiões do Vale do Ribeira, Grande SP, Vale do Paraíba e grande parte do RJ terão máximas elevadas também na quinta-feira.


CALORÃO DE 40 °C!


Na sexta-feira, 10 de novembro, as temperaturas disparam no interior de SP e há previsão de temperaturas em torno de 40 °C, principalmente no oeste/norte e até mesmo em áreas do centro paulista. Esta média de temperatura, também é prevista para as cidades do Triângulo Mineiro, sul de GO e alguns pontos do sul do TO! O leste de MG e o estado do ES também terão calor intenso na sexta.


O fim de semana será muito quente em quase todas as Regiões do país. As temperaturas podem passar dos 40°C, em: MS, sul de MT, sul e oeste de GO, Triângulo Mineiro, interior de SP e Vale do Ribeira, Grande Rio, região dos Lagos e região de Campos, extremo norte do PR.


TEMPERATURAS SOBEM MAIS NA PRÓXIMA SEMANA


O calor AUMENTA ainda mais na segunda-feira (13). As temperaturas disparam ainda mais e podem passar dos 40°C também no TO, na BA, no PI, no ES, leste de MG, e talvez no interior de PE e RO. O calor segue constante na terça-feira (14) e na quarta-feira, 15 de novembro - feriado.


O meteorologista Vinicius Lucyrio, pontua:


"Estamos diante de uma onda de calor histórica, em um mês em que normalmente temos a umidade se espalhando de novo sobre o país, com chuvas amplas e volumosas, com radiação solar mais intensa e dias mais longos. Potencialmente teremos recordes mensais para novembro em Palmas, Goiânia, Brasília, Belo Horizonte, São Paulo, Rio De Janeiro, Cuiabá e Campo Grande." (...) "É possível que esta onda de calor seja mais forte que a de setembro, em termos de duração e abrangência.".

Comentarios


bottom of page