top of page

Minas anuncia nova expansão do Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) na rede estadual de ensino

Programa chegará a 720 escolas, de 407 cidades mineiras, em 2023. Entre as novidades anunciadas está o aumento de 50% da oferta do EMTI Profissional



O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), anuncia uma nova expansão do Ensino Médio em Tempo Integral (EMTI) nas escolas da rede estadual mineira. Não só o número de estudantes atendidos aumentará nessa modalidade de ensino como, também, a abrangência territorial: o EMTI chegará a 407 municípios em 2023 - atualmente são 338 cidades. Entre as novidades está o aumento de 50% na oferta do EMTI Profissional. Com a expansão, ao todo 720 escolas estaduais passarão a disponibilizar o EMTI, com mais de 100 mil vagas. Atualmente, a modalidade está em 591 escolas da rede, com cerca de 61 mil alunos matriculados. Desse total, no próximo ano, 299 escolas serão de Ensino Médio em Tempo Integral Profissional, quando o estudante terá a oportunidade de concluir o ensino médio e um curso técnico ao mesmo tempo. O investimento previsto do Estado na expansão da modalidade em 2023 é de cerca de R$137 milhões, valor que considera despesas de pessoal, custeio e investimentos para o devido funcionamento do Ensino Médio em Tempo Integral.


Uma das pioneiras na política de implementação do EMTI na rede estadual, em 2019, a Escola Estadual Neusa Pimentel Barbosa, de Paracatu, no Noroeste de Minas, já colhe bons frutos. Segundo a diretora Ana Beatriz da Silva Oliveira, novas turmas serão abertas em 2023 devido à demanda da comunidade.


“O EMTI oferece mais oportunidades aos alunos tanto na formação acadêmica quanto para a vida. Desenvolvemos a pedagogia da presença e todos se sentem envolvidos. A escola hoje é muito reconhecida em toda a cidade de Paracatu como sendo de excelência, de inclusão, de respeito, de acolhimento e formação profissional. Para este ano de 2022, nós tivemos até lista de espera de interessados em cursar o EMTI conosco”, conta a diretora.


A EE Neusa Pimentel Barbosa conta hoje com 263 estudantes do Ensino Médio em Tempo Integral e Profissional com opção de curso técnico em Agropecuária e ainda cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) de Agente Cultural e Assistente de Produção Cultural.


A expansão na rede estadual visa atender a meta seis do Plano Nacional de Educação (PNE), que idealiza que a rede estadual de ensino ofereça educação em tempo integral em pelo menos 50% das escolas públicas e de forma a atender 25% dos alunos. “Essa expansão é de extrema importância porque possibilita que o estudante possa ficar mais tempo no ambiente escolar gerando maior aprendizado e, consequentemente, maior inserção no mercado de trabalho de forma mais efetiva. Esse aumento no número de vagas é motivo de muito orgulho”, destaca o secretário de Estado de Educação de Minas Gerais, Igor de Alvarenga.


VAGAS EM 2023


Os estudantes interessados em ingressar no Ensino Médio em Tempo Integral no ano que vem já podem realizar o cadastro para garantir uma vaga. As inscrições devem ser feitas exclusivamente pela internet, por meio do Sistema Único de Cadastro e Encaminhamento para a Matrícula (Sucem), até 30/11, no site cadastroecolar.educacao.mg.gov.br.


Para se inscrever, pais, responsáveis ou o aluno maior de idade devem acessar o site do Sucem e preencher os campos com o nome, data e local de nascimento, além do nome do pai, mãe ou responsável legal, entre outras informações. O candidato também deverá indicar qual é o tipo de ensino, nível e etapa que pretende cursar.


Para saber mais sobre o Ensino Médio em Tempo Integral acesse o site https://querointegral.org/mg/.

Comments


bottom of page