top of page

Manifestação no Hospital São Paulo em prol da manutenção dos recursos municipais


tarde de segunda-feira (20), uma manifestação em prol da garantia dos recursos municipais para o setor de Urgência e Emergência. Toda essa situação veio a tona, e se tornou polêmica na cidade, após a votação na Câmara Municipal da Lei de Orçamento do Município 2022, que segundo as autoridades municipais e o hospital, a forma em que foi votada e vetada algumas partes e números, acabou prejudicando o repasse de recursos por parte da Prefeitura ao HSP.



Na manifestação que aconteceu na porta do HSP, contou com um grande público e pronunciamento do provedor, Dr. Edivar Almeida, da administradora, Rita Pereira, pacientes de setores diferentes do HSP, e também do representante da Prefeitura de Muriaé, Paulo Sérgio do Amaral, além de vereadores da Câmara Municipal de Muriaé; todos unânimes na defesa dos recursos oriundos da Prefeitura de Muriaé que ajudam na manutenção do Pronto Socorro de Urgência e Emergência.


“É uma triste página da história política de nossa cidade, porque quando se trata de saúde, não existe política, existem pessoas, existem serem humanos. É pra isso que estamos aqui, pra lutar. Peço a todos aqui presentes que levem uma única mensagem a todos os cantos de nossa cidade, que transformemos hoje o nosso luto pela saúde, em uma verdadeira luta pela saúde, e para isso, conte sempre com a Prefeitura de Muriaé”, disse o chefe de Gabinete da Prefeitura de Muriaé, Paulo Sérgio do Amaral.


Fonte e fotos: site Silvan Alves

Comments


bottom of page