top of page

“Empresa das 20 mil máscaras” muda de nome

O caso que ficou conhecido como “Zé das máscaras” teve um novo capítulo esta semana.


Esta semana, o leopoldinense Fernando Ollivier nos procurou munido de alguns documentos nos relatando novos fatos em relação a empresa Monique Carvalho Bueno.


Estranhamente, quem realizar uma consulta na Receita Federal no CNPJ – 27.481.099/0001-47 poderá perceber que, nestes últimos dias, tiveram diversas alterações.


A empresa que, era Individual – Monique Aline Carvalho Bueno, com um capital de giro de R$ 5 mil passou a chamar-se MB Safety Comércio Importações e Exportações LTDA tendo também, agora um sócio administrador de nome Leonardo Martins Pereira, com um capital social de R$ 420.000,00.


O endereço constante da empresa – Rua Três Pontas 243 – Jardim Andere – Varginha – MG é o mesmo de um comércio de material de construção chamada Ferrasul.


Outras modificações foram realizadas na empresa que vendeu as 20 mil máscaras para a Prefeitura de Leopoldina por um valor de R$ 380 mil.


Os Códigos e descrições das atividades secundárias constantes do seu cartão de CNPJ sofreu também diversas alterações. Uma que chamou muito a atenção foi a atividade de estética e outros serviços de cuidados com a beleza que não está constando nos novos códigos das atividades da nova empresa.


Este código – Atividades de Estética e outros serviços de cuidados com a beleza – foi um dos que o prefeito José Roberto de Oliveira justificou a compra das 20 mil máscaras.


Com diversas frentes de investigação do “caso Zé das máscaras”, este fato certamente não passará despercebido pelos investigadores. O que nos resta a perguntar o que estaria por trás desta repentina mudança de razão social e a retirada da atividade que gerou a venda de 20 mil máscaras no valor de R$ 380 mil?


A antiga empresa individual Monique Aline Carvalho Bueno teria realizado vendas apenas para a Prefeitura de Leopoldina?


Essas perguntas e tantas outras, brevemente, o tempo responderá!

コメント


bottom of page