top of page

Divulgado os finalistas do XXIX Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos


A Secretaria Municipal de Cultura de Leopoldina divulgou os títulos das poesias e sonetos finalistas e os pseudônimos dos autores escolhidos pela Comissão Julgadora do XXIX Concurso Nacional de Poesias Augusto dos Anjos.


As obras serão apresentadas em evento online que será realizado no Canal do Centro Cultural no dia 15 de dezembro de 2020 a partir das 19:00h, quando serão escolhidas as poesias classificadas nos cinco primeiros lugares das categorias sonetos e poesias (exceto soneto) , bem como os cinco melhores intérpretes.

Confira os finalistas:


Categoria Poesia (exceto sonetos)


Poesia: Reflexo (Pseudônimo: Athena)

Laço para enredar (Pseudônimo: Luna)

Rupestre (Pseudônimo: Nadlie Melo de Ribamar)

História lacrimogênica de cordel (Pseudônimo: Zé Olímpio)

A marca das memórias (Pseudônimo: Spencer)

POÉTALA (Pseudônimo: MARGARIDO)

Naqueles tempos (Pseudônimo: Ícaro)

PICHAÇÕES (Pseudônimo: RUAS DO POEMA)

Trabalhador rural (Pseudônimo: Outubro)

Caro Papai Noel (Pseudônimo: Lautaro)

LAMENTO DE UM JÓ SERTANEJO (Pseudônimo: MOACIR DA IRACEMA)

Eterno é Augusto (não César, mas o dos Anjos naturalmente) (Pseudônimo: Cupertino)

Máscara da Morte (Pseudônimo: Barão de Jaguaribe)

Descaminhos (Pseudônimo: Clown da Urbe)

Almas abandonadas (Pseudônimo: Mesesset)

Encantamento (Pseudônimo: Saci Pererê)

Meu Fim (Pseudônimo: Valentina Alcântara)

Ode à Ponte Newton Navarro (Pseudônimo: Rio Potengi)

Cronofagia (Pseudônimo: Latrice Virgo)

Sobre Vida (Pseudônimo: Tianinha)

Categoria Sonetos

Versos augustos (Pseudônimo: Genuíno)

E AGORA, POESIA? (Pseudônimo: REI DO MATO)

FUTURO (Pseudônimo: Charles Vasquez)

VÉRTICE (Pseudônimo: Artur Santíssimo)

O Tempo e o Vento (Pseudônimo: Joaquim Alves)

Carrasco e Escravo (Pseudônimo: Ledo Severo)

Um Frágil Monumento (Pseudônimo: Cândido Bravo)

Fantasia de ser amada (Pseudônimo: Clarissa Machado)

Brasas Dormentes (Pseudônimo: Lopato)

SEQUIDÃO PERENE (Pseudônimo: Pancho)

FLOR DA MANHÃ (Pseudônimo: Guanaco)

Ao Barqueiro (Pseudônimo: Orfeu)

Soneto para os olhos secos (Pseudônimo: Caio Maranhão)

Julgamento (Pseudônimo: Antônio Moura)

Navegante dos Sonhos (Pseudônimo: Jaguarari)

O Poeta e o Sonho (Pseudônimo: Poti)

Chão Ferido (Pseudônimo: Aristotélico)

A sombra do cadafalso (Pseudônimo: Bardo Zeharrargia)

"A MÁGICA CANÇÃO" (Pseudônimo: Bardo Saudosista)

Assembleia (Pseudônimo: Alfredo Lira)

No dia 15 de dezembro, após a decisão e divulgação pelo júri do resultado final, haverá a cerimônia de premiação, quando serão conhecidos os nomes dos autores das obras. Segue abaixo o link de acesso para a live do evento de Premiação.


Comentarios


bottom of page