top of page

Comércio vai continuar fechado em Cataguases

Prefeito deu a notícia a um grupo de comerciantes em seu gabinete.


A reunião entre o prefeito de Cataguases, Willian Lobo de Almeida e representantes dos comerciantes do município durou duas horas e terminou da forma que começou: com as lojas impedidas de reabrirem suas portas. Sete representantes do setor, entre eles o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL – de Cataguases, Humberto Lanziere e o presidente do Sindicomércio, José Porfiro do Carmo, apresentaram ao chefe do Executivo as razões pelas quais necessitam voltar a trabalhar. Os comerciantes que esperavam no pátio do Paço estavam com cartazes reivindicando a reabertura do comércio.


Um grupo de proprietários de lojas esperava do lado de fora do Paço Municipal e ao final receberam a notícia de seus colegas de que o prefeito não atendeu suas reivindicações. Os representantes da categoria que participaram do encontro revelaram que Willian Lobo apresentou vários argumentos que o impedem de permitir a reabertura do comércio. Entre outros, a adesão ao programa Minas Consciente, o fato de Cataguases estar inserida em uma macrorregional de saúde que tem regras próprias e questão da infraestrutura em saúde do município que é referência para cidades menores.


Apesar da negativa, o prefeito deu uma esperança ao setor dizendo que vai pleitear – em reuniões nesta quinta e sexta-feira com os demais prefeitos da região – alteração do padrão atual de avaliação que é macrorregional para microrregional, o que, conforme disseram os comerciantes participantes a reunião, seria um atenuante para facilitar a reabertura das lojas. Vale lembrar que o comércio de Cataguases começou a ser fechado por volta do dia 20 de março como parte das ações de impedir o avanço da propagação do novo coronavírus na população. Os comerciantes deixaram a reunião frustrados e desanimados quanto ao futuro da categoria.


Fonte e Foto: Site Marcelo Lopes

Comments


bottom of page