top of page

Cidades da Zona da Mata e Vertentes continuam na Onda Roxa, mas 'toque de recolher' e suspenso

Decisão foi divulgada nesta quarta (7) e se sobrepõe às regras das prefeituras; restrições valem por mais sete dias. Fica proibida retirada de produtos em balcão no comércio não essencial entre 20h às 5h.


As macrorregiões Sudeste, Leste do Sul e Centro-Sul, que compõem cidades da Zona da Mata e Campo das Vertentes, vão continuar na Onda Roxa do "Minas Consciente" por mais uma semana. A decisão foi divulgada nesta quarta-feira (7) pelo Estado após mais uma reunião do Comitê Extraordinário Covid-19 e será revista daqui sete dias. De acordo com o Governo de Minas, a etapa, que está em vigor há um mês, é impositiva e se sobrepõe às regras determinadas pelas prefeituras.


Nesta atualização, o Estado também divulgou que suspendeu o "toque de recolher" das 20h às 5h nos municípios mineiros e a proibição das reuniões familiares

Toque de recolher e novas medidas


O Comitê Extraordinário Covid-19 também anunciou o fim da norma que restringe a circulação da população entre 20h e 5h e da medida que proibia reuniões familiares durante a Onda Roxa. Conforme o Estado, a suspensão atende a um acordo feito após questionamento de constitucionalidade por parte do deputado estadual Bruno Engler (PRTB).


Mesmo com o fim da proibição, o governador Romeu Zema (Novo) enfatizou que qualquer tipo de aglomeração ou trânsito desnecessário durante a pandemia não é aconselhado.


“Essas medidas não serão mais obrigatórias, mas é essencial que todos façam a sua parte para conseguirmos reduzir a propagação do vírus. Precisamos que a população mantenha todos os cuidados, use máscara e evite aglomerações para conseguirmos sair disso o mais rápido possível”, disse Zema.


Como medida compensatória para o fim da restrição de circulação de pessoas e da proibição de reuniões familiares, a Onda Roxa passa a proibir a retirada de produtos em balcão em todo o comércio não essencial entre 20h às 5h a partir de agora. Nesta faixa de horário, os estabelecimentos como bares e restaurantes só poderão funcionar em formato de delivery. Supermercados e padarias vão ter o funcionamento ampliado até as 22h, para reduzir a circulação de pessoas em horário de pico.


* Informações G1 Zona da Mata

Comments


bottom of page