top of page

Chuvoso janeiro em Leopoldina: precipitação supera média mensal

 O município de Leopoldina tem vivenciado um mês de janeiro excepcionalmente chuvoso, de acordo com os dados mais recentes do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC). Até o dia 31, a cidade já registrou uma precipitação total de 286 mm, representando impressionantes 113% da média normal para o mês.


A análise desses números revela um cenário meteorológico significativamente úmido em comparação com as expectativas sazonais. A média histórica para janeiro em Leopoldina é de aproximadamente 254 mm. A atual marca de 286 mm indica uma condição climática atípica, impactando diversos aspectos da vida local.


A fonte dessas informações é uma combinação de dados provenientes de estações meteorológicas estrategicamente posicionadas e satélites avançados, ambos operados pelo CPTEC. Essa abordagem integrada permite uma análise abrangente das condições climáticas, oferecendo uma base sólida para previsões precisas e tomada de decisões informada.


A população local e autoridades municipais estão atentas às possíveis consequências dessa precipitação incomum. As chuvas intensas podem levar a inundações, deslizamentos de terra e outros eventos relacionados ao clima. Por isso, é crucial que os moradores estejam preparados e adotem medidas preventivas para garantir a segurança e minimizar possíveis danos.


O CPTEC continua monitorando de perto a situação climática em Leopoldina, fornecendo atualizações regulares para manter a comunidade informada sobre as condições meteorológicas previstas. A colaboração entre as estações meteorológicas e os satélites tem se mostrado essencial para entender e lidar com eventos climáticos extremos, contribuindo para a resiliência das comunidades diante das mudanças no clima.


À medida que o mês de janeiro se aproxima do fim, os habitantes de Leopoldina permanecem atentos aos céus, esperando que as condições climáticas voltem à normalidade e que as medidas preventivas adotadas até agora ajudem a mitigar eventuais impactos adversos.

bottom of page