top of page

Ar-condicionado e geladeira consomem até 30% mais em dias de calor intenso

Assista a websérie “o Descomplicador” e entenda como o clima influencia na conta de energia; Observar o histórico de consumo de energia para entender a variação nesse período é importante.



Estamos enfrentando dias de forte calor. E com a temperatura acima dos 35°, nada como um cômodo bem refrigerado pelo ar-condicionado ou uma bebida super gelada. Mas esses equipamentos que trazem boas soluções para diminuir a sensação de calor e amenizar o desconforto das altas temperaturas têm um funcionamento diferente em dias de calor intenso. Isso porque que em dias mais quentes eles precisam trabalhar mais para manter desempenho semelhante aos dias mais frescos.


E o que se observa é que o consumo de energia desses equipamentos pode aumentar entre 15% e 30% em dias de calor intenso. No caso da geladeira isso se explica pela troca de ar frio com o ambiente externo. Já o ar condicionado em dias de calor intenso consome mais energia para manter o ambiente numa temperatura de 22° por exemplo do que gastaria nos dias em que o clima está mais ameno. Ou seja, mesmo sem perceber e sem mudar hábitos, o gasto com consumo de energia elétricos pode subir nos dias mais quentes.


Para entender melhor como o clima influencia na conta de luz, a Energisa conta com o apoio do ‘Descomplicador’, interpretado pelo ator Paulo Vieira. Com uma linguagem leve e divertida, o humorista usa uma forma simples e didática para esclarecer conceitos e informações sobre a conta de energia. E no primeiro episódio da websérie que está no ar pelo site descomplicador.com.br o tema é exatamente os fatores que influenciam na conta de energia: impostos, bandeira tarifária, clima.


Uma boa dica que o ‘descomplicador Paulo Vieira’ comenta no vídeo para entender essa variação é observar o histórico do consumo que está na conta de energia, ou no aplicativo Energisa On. É importante, no momento de analisar esse histórico, olhar também como foi o consumo no mesmo período do ano anterior, quando as condições climáticas eram parecidas, pois as alterações de temperatura fazem a diferença na conta. Temos que usar a energia de forma econômica durante todo o ano, mas nos dias de muito calor o cuidado precisa ser redobrado.


E fique atento a algumas dicas para economizar energia e evitar variações na conta:


Busque sempre que possível comprar equipamentos com selo do Programa Brasileiro de Etiquetagem preferencialmente classe A, pois são energeticamente mais eficientes;


O aparelho de ar-condicionado deve ser comprado com o correto dimensionamento para o ambiente a ser utilizado. Quanto maior o ambiente, mais potente precisa ser o aparelho;


Se o equipamento for antigo, dê preferência pela substituição de um equipamento novo, com maior eficiência;


Ao usar o ar-condicionado, garanta que as janelas e portas do ambiente estejam fechadas;


Utilize o ar-condicionado na temperatura entre 21°C e 24°C e ao ficar muito tempo fora do ambiente, desligue o equipamento;


Limpe os filtros do ar condicionado a cada quinze dias. E faça uma higienização completa com uma empresa especializada entre 6 meses e 1 ano a depender da intensidade da utilização. A sujeira dificulta a passagem do ar e reduz a eficiência do equipamento.


Instale sua geladeira longe de locais ou equipamentos de aquecimento como, forno elétrico, fogão, churrasqueira e micro-ondas;


Realize a instalação do equipamento preferencialmente fora do alcance da irradiação solar direta;


Procure reduzir a abertura da geladeira, assim a conservação da temperatura interna será mantida com menor uso do compressor;


Não guarde alimentos quentes;


Não use a parte de trás de geladeiras e freezers para secar roupas ou sapatos. Isso reduz a eficiência do equipamento;


Não desligue o equipamento à noite para ligá-lo na manhã seguinte.


Verifique constantemente se a vedação do equipamento está em boas condições.


GERÊNCIA DE COMUNICAÇÃO ENERGISA


Comments


bottom of page