top of page

07 anos, 03 bancos, R$ 6.200.000,00 arrecadados


A Administração Municipal virou especialista em “vender” folha de pagamento dos seus funcionários. Em 07 anos, foi vendida para três bancos diferentes a folha de pagamento.

Esta seria mais uma forma de fazer caixa. O duro é o funcionalismo ficar imigrando de banco todas as vezes.

A primeira venda ocorreu para o Banco Bradesco no ano de 2013 por um valor de R$ 2.400.000,00 (Dois milhões e quatrocentos mil reais). O contrato firmado com o Bradesco tinha validade até 2016, mas foi rescindido, antes do prazo de vencimento do contrato, mediante pagamento de multa cujo valor não foi revelado pelo Governo Municipal.

A Prefeitura de Leopoldina realizou Pregão Presencial no dia 12 novembro de 2014, visando a contratação de instituição bancária para operar os serviços de processamento e gerenciamento de créditos provenientes da folha de pagamento dos agentes políticos e servidores públicos do Município.

Naquela ocasião, a vencedora a Caixa Econômica Federal por um valor de R$ 1.500.000,00 (Um milhão e quinhentos mil reais) e começou a operar a folha em janeiro de 2015.

A Caixa Econômica Federal ficou responsável pela folha até dezembro de 2019 quando a Prefeitura de Leopoldina realizou outro pregão. O Banco Santander (Brasil) ganhou o pregão com um valor de R$ 2.300.000,00 (Dois milhões e trezentos mil reais) com duração de 60 meses, a partir de janeiro de 2020.

Sorte que até lá, ela já saiu!!!



bottom of page